Midiamax – Em 20 anos, mais de 400 pessoas nasceram no dia 29 de fevereiro em Mato Grosso do Sul

Saiba como fica a certidão de nascimento e a comemoração de quem nasce na data que só acontece a cada quatro anos

O que acontece com quem nasce no dia 29 de fevereiro? A data acontece apenas a cada quatro anos e representa o ano bissexto. Nos últimos 20 anos a data se repetiu seis vezes e ganhou 419 aniversariantes em Mato Grosso do Sul.

Em 2020, último ano bissexto no Brasil, foram registrados 74 nascimentos em Mato Grosso do Sul, número pouco inferior aos 114 nascidos de 2016. Em 2012, foram 63 nascimentos e, em 2008, o menor número, 51 nascimentos na data.

Os dados são da Central Nacional de Informações do Registro Civil (CRC Nacional), administrada pela Arpen-Brasil e que conta com os registros de todos os nascimentos em território nacional. O recorde nacional de registros aconteceu em 2016, com 6.640 nascimentos em todo o país.

Bom humor marca vida de aniversariante

Às 12h30 de 29 de fevereiro de 1976, nasceu Claudia Gonçalves Rodrigues, no Hospital São José, no interior de São Paulo. Moradora de Campo Grande atualmente, ela conta que a data do seu aniversário é marcada pelo bom humor.

Os pais não tiveram problemas para fazer o registro na data exata e ela ostenta uma certidão de nascimento com o dia 29 de fevereiro, como poucos podem fazer. Antigamente, muitos bebês que nasceram na data foram registrados em dias diferentes.

“Quando não tem o dia 29, a minha mãe optou por comemorar dia 28 e assim vem sendo. Mas hoje em dia quem sabe do meu 29 tem toda uma zoação, falam que são vão me dar parabéns dia 29 ou que sou menor de idade ainda”, conta Claudia.

Questionada como será a comemoração em 2024, que terá o dia 29 de fevereiro, ela afirma que vai comemorar os dois dias. “Comemoro os dois dias kkkkk afinal não é todo ano que faço aniversário”, ri.

Como fica a certidão de quem nasce na data?

Quem nasce no dia 29 de fevereiro tem o privilégio de poder escolher quando vai comemorar seu aniversário, já que não é possível cantar parabéns todos os anos na data exata. Mas, oficialmente, o aniversário fica sendo dia 29 de fevereiro.

A Arpen/MS (Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais de Mato Grosso do Sul) explica que os Cartórios de Registro Civil devem retratar fielmente a realidade dos fatos, isto é, se uma criança nasceu no dia 29 de fevereiro, o seu registro de nascimento deverá ser feito com esta data.

A certificação da data vem descrita no documento que serve de base para o registro em cartório: a DNV (Declaração de Nascido Vivo), emitida pelo hospital e assinada pelo médico no momento do nascimento.

“A única peculiaridade é que essa data só existe de quatro em quatro anos. O procedimento de registro é normal e a prática não muda em nada”, explica o vice-presidente da Arpen-MS (Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais de Mato Grosso do Sul), Lucas Zamperlini.

O presidente da Arpen explica que a comemoração de aniversário da data é muito pessoal. “Tem gente que prefere antecipar para o dia 28 para ficar dentro do mês que nasceu. E outras preferem comemorar no dia 1º de março, que em tese seria uma data mais lógica para substituir o dia 29”, completa.

O que é um ano bissexto?

A cada quatro anos, vivemos 366 dias, com fevereiro tendo um dia a mais. Isso acontece para ajustar o ano civil no calendário gregoriano ao ano solar, que é o tempo que a Terra leva para dar uma volta completa em torno do Sol de aproximadamente 365 dias e seis horas.

O calendário gregoriano com as regras para o ano bissexto foi criado pelo Papa Gregório 13, como conta astrônoma do Observatório Nacional, Josina Nascimento. O calendário gregoriano é o vigente para a grande maioria dos países atualmente. (Com Agência Brasil)

 

Fonte: Midiamax