20/12/2021 – TJSC – CGJ disponibiliza o sistema SABER, nova ferramenta de pesquisa a documentos e normativos

Sistema é capaz de centralizar, em uma única base de dados, todos os provimentos, orientações, circulares e comunicados eletrônicos expedidos.

 

A Corregedoria-Geral da Justiça (CGJ), em parceria com a Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI) do TJSC, disponibilizou nesta sexta-feira, dia 17 de dezembro, uma nova ferramenta de consulta a atos normativos, expedientes e documentos produzidos pelo órgão. Trata-se do sistema SABER (Sistema de busca e recuperação de informação da Corregedoria-Geral da Justiça), capaz de centralizar, em uma única base de dados, todos os provimentos, orientações, circulares e comunicados eletrônicos expedidos, além de conferir acesso também aos artigos do Código de Normas da CGJ-SC e a outros documentos relevantes editados para instruir os trabalhos das unidades de primeiro grau, como os relativos à gestão de unidades judiciais.

 

A ferramenta, que pode ser acessada no portal eletrônico da instituição, vem suprir uma deficiência de outros mecanismos já existentes, como o de pesquisa a Provimentos, Circulares e Ofícios Circulares acessível pela página de legislação interna do site do Tribunal de Justiça, que não abrange todas as espécies de atos normativos, questão que dificultava o acesso do interessado às informações faltantes. “A centralização de normas e expedientes em uma única base visa a atender os anseios de magistrados e servidores do primeiro grau, que, em consulta realizada no início da atual gestão, indicavam essa como uma providência desejada para facilitar o desempenho de suas atividades”, explica o juiz-corregedor Silvio José Franco, do Núcleo II – Estudos, Planejamento e Projetos – da Corregedoria, de onde partiu a iniciativa. Além de mais abrangente, a pesquisa também ganhou em precisão, na medida em que o SABER se vale de uma moderna tecnologia de “elastic search”, a garantir-lhe acesso a todos os tipos de dados, incluindo textuais, numéricos, geoespaciais, estruturados e não estruturados.

 

Até alcançar seu escopo integral, a base de dados do sistema será alimentada gradativamente com os atos e documentos pertinentes, sendo que a primeira carga, ocorrida nesta semana, incluiu-lhe os provimentos relativos aos anos de 2020 e 2021, as orientações e comunicados eletrônicos, a versão em PDF do Código de Normas e o manual do Programa Gestão de Unidades Judiciais, também com seu modelo de portaria administrativa; na próxima carga, serão inseridas as circulares mais antigas e os demais documentos consultados diariamente por magistrados e servidores. Ao propiciar, assim, acesso unificado a todas as normas e orientações, a ferramenta representa uma continuidade do Projeto Simplifica, que, encerrado também neste mês, revisou todos os atos expedidos pela instituição desde o ano de 2008.

 

Fonte: TJSC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.