06/12/2021 – O Liberal – Casamentos voltam a crescer em Americana

Em meio a flexibilização e avanço da vacinação, número de registros de união cresceu 15% em 2021

 

Com a flexibilização nas restrições do protocolo de prevenção à Covid-19 e o avanço na vacinação em todo o País, o número de casamentos em Americana aumentou 15% em 2021, se comparado com o mesmo período do ano passado. Neste ano, até novembro, foram 1.042 registros de união, enquanto no mesmo período de 2020, foram 903, de acordo com o Portal da Transparência do Registro Civil.

 

E o número de casamentos continua crescendo, como é o caso de Thais Pissaia Barufaldi, de 27 anos, e Eder Gazola, de 36. Eles ficaram noivos em 2019 e em janeiro do ano seguinte começaram a planejar o grande dia, que ocorreu no último dia 27, em Americana.

 

No meio dos planos, os casos de Covid-19 e as restrições aumentaram. “No decorrer dos meses fomos acompanhando a evolução de toda a situação e optamos por aguardar antes de cogitar um adiamento. Até que iniciaram com os cronogramas de vacinação e mantivemos os planos”, contou Thais.

 

Depois de quase dois anos, a analista de exportação ficou aliviada com a chegada do dia do casamento. “É um alívio saber que todos estarão vacinados no casamento, apesar de ainda seguirmos todos os protocolos e orientações”, comentou a noiva ao LIBERAL, poucos dias antes do casamento.

 

Em meio à pandemia, houve ainda quem dividisse os planos de se casar. Apesar de ter casado no civil em julho de 2020, a arquiteta Daniela Fernandes da Costa, de 32 anos, e o empresário Matheus Sacilotto Santarosa, também de 32, realizaram a festa de casamento em setembro deste ano.

 

“A princípio, nosso casamento seria no dia 25 de julho, mas estava no olho do furacão da pandemia. Foi então que nossos fornecedores, que se tornaram nossos amigos, nos orientaram a realizar o casamento no civil, mais intimista nesta data”, explicou.

 

A cerimônia para 16 pessoas foi realizada na casa dos sogros da Daniela e transmitida em uma live para amigos e familiares. O evento contou com a presença de uma juíza e do padre e amigo da família Itamar Gonçalves, que faleceu no dia 31 de agosto, em decorrência da Covid-19. “Para nós foi muito especial e eu acredito que nada acontece por acaso”, disse Daniela.

 

Depois de um ano e dois meses, o casal realizou no dia 24 de setembro deste ano, em Americana, a festa que tanto sonharam desde que ficaram noivos, em setembro de 2018.

 

“Eu sempre quis noivar e casar em até um ano e meio, mas nada está no nosso controle, né? E essa data ainda foi mais especial por que no dia 25 celebramos 15 anos que estamos juntos”, disse a arquiteta, que está aliviada por ter todos já vacinados na data da festa.

 

Fonte: O Liberal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.