03/01/2022 – Folha de S.Paulo – Brasil registrou em 2021 o menor número de nascimentos desde 2002, mostram cartórios

Essa é a primeira vez que índice fica abaixo de 2,5 milhões de recém-nascidos desde o início de série histórica

 

Os cartórios brasileiros registraram o menor número de nascimentos desde 2002, quando iniciaram sua série histórica: foram contabilizados apenas 2.551.942 recém-nascidos no ano passado. Essa foi a primeira vez que o índice ficou abaixo de 2,6 milhões de nascimentos.

 

CALHAMAÇO

 

Antes disso, o menor número ocorreu em 2020, com 2.640.969 nascimentos. Os dados integram a terceira edição do Relatório Anual Cartório em Números, que será lançado nesta semana e compila informações de todas as 13.440 unidades distribuídas pelo país.

 

ESPERA

 

Segundo a Associação dos Notários e Registradores (Anoreg) do Brasil, que organiza o documento, a queda pode ser atribuída ao receio de ter filhos em meio à pandemia da Covid-19.

 

LUTOS

 

Durante a crise sanitária, os cartórios ainda registraram no ano passado um recorde de óbitos em relação à série histórica: foram 1.684.263 mortes apontadas pelo segmento de registro civil, contra 1.470.856 em 2020, segundo ano com mais óbitos.

 

TRAGÉDIA

 

O mês de março de 2021, marcado pela segunda onda da epidemia, teve 190.642 mil certidões de óbitos emitidas —o maior número já registrado entre todos os meses desde 2002.

 

CLIQUE

 

O relatório ainda mostra que 92,9% dos atos praticados pelos cartórios em 2021 ocorreram de forma digital, atingindo 280 milhões de atendimentos online feitos desde o início da pandemia.

 

Fonte: Folha de S.Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.