Casamento Comunitário movimenta Comarca de Bom Jardim

Uma grande festa popular, realizada nesta quinta-feira (19), movimentou a cidade de Bom Jardim. Foi a edição do projeto ‘Casamentos Comunitários’, oficializando a união de 63 casais, todos residentes na comarca. A cerimônia ocorreu no Estádio Zezão e foi coordenada pelo juiz Flávio Gurgel, titular da comarca, com apoio da Prefeitura de Bom Jardim e com o Cartório do 2º Ofício. O casamento em Bom Jardim ofereceu aos participantes uma programação especial, com apresentações de dança e sorteio de brindes para os casais ao final da cerimônia.

A realização da cerimônia foi possível graças ao apoio da administração municipal, que ofereceu a montagem de toda a estrutura física e de empresários da cidade, que que doaram os presentes que foram sorteados entre os casais. Além do magistrado, atuaram na celebração os juízes Raphael leite Guedes, titular da 4ª Vara de Santa Inês, e a juíza Ivna Cristina Melo Freire, titular da 1ª Vara de Santa Inês. Também presentes ao evento a Prefeita Christianne Varão, representantes do Legislativo municipal, e o defensor público Igor Freire.

A CERIMÔNIA

O Juiz Flávio Gurgel realizou, de início, duas celebrações, sendo a primeira de Valdeci De Castro e Maria De Fátima Nascimento, onde um deles era pessoa com deficiência visual. A segunda celebração teve como noivos Wildo Guajajara Malheiro e Samya Alves Guajajara, casal indígena. Em seguida, o juiz Raphael Leite Guedes realizou o casamento do casal mais velho, composto por Raimundo Rodrigues De Souza e Maria Paulo Dos Santos. A juíza Ivna Cristina De Melo Freire oficializou a união do casal mais novo, composto por Antônio Carneiro Neto e Laís Machado Silva.

O casamento comunitário de Bom Jardim foi uma belíssima festa. Com apoio dos colaboradores, conseguimos transformar o evento em um agradável momento para os casais e seus familiares. Espero que este momento perdure em suas memórias e fazemos votos para que suas vidas a dois sejam repletas de respeito, companheirismo e amor”, definiu Flávio Gurgel.

ATOS GRATUITOS

As inscrições para a cerimônia em Bom Jardim foram feitas no período de 10 de agosto a 6 de setembro de 2023, no Cartório do 2º Ofício. Todos os atos de Registro Civil necessários à realização do Projeto ‘Casamentos Comunitários’ em Bom Jardim foram gratuitos, sendo vedada a cobrança de qualquer taxa ou despesa extraordinária pela serventia extrajudicial, cm base na Lei nº 9.109, de 29 de dezembro de 2009.

A exemplo das edições do projeto, noivos e noivas com idade entre 16 e 18 anos somente puderam se inscrever com a autorização dos pais, que compareceram junto com o casal, com documentos. Para menores de 16 anos, foi exigida a autorização judicial.

O PROJETO

Criado em setembro de 1998, com o primeiro evento realizado no Fórum de São Luís, o Projeto Casamentos Comunitários garante a pessoas de baixa renda a oficialização da união de forma gratuita, sem qualquer despesa com os atos cartorários. É realizado sempre em parceria com o(s) cartório(s) com competência para registro civil na comarca em que a celebração acontece. A organização e a realização dos casamentos em cada comarca ficam a cargo do juiz competente.

 

Fonte: TJMA