Brasil de Fato – Prefeitura libera atividades físicas no Rio; Niterói monta barreiras sanitárias

Decreto do prefeito Eduardo Paes (DEM) flexibiliza medidas restritivas do início do mês para conter covid-19

A Prefeitura do Rio de Janeiro liberou a partir desta quarta-feira (14) a prática de atividades físicas em locais abertos. A decisão do prefeito Eduardo Paes (DEM), publicada no Diário Oficial nesta manhã, flexibiliza o decreto do último dia 1º sobre as medidas restritivas para conter a disseminação da covid-19 na cidade.

“A prática de atividades físicas individuais e coletivas em praças, parques, praias e logradouros do município, bem como nos espaços abertos de uso comum em áreas particulares permanece liberada, inclusive quando orientadas por profissionais de educação física, desde que não gere aglomerações”, diz trecho do decreto.

O decreto também modificou para as 6h o horário de abertura para clubes sociais e esportivos. Na decisão anterior, os clubes só podiam abrir às 11h e funcionar até 21h.

Mortes

Em março foram registradas mais mortes que nascimentos na capital fluminense, segundo o Portal de Transparência do Registro Civil, é foi o sexto mês consecutivo em que isso acontece. Em dezembro, o número de mortes foi 29,86% maior que o número de nascimentos (7.553 mortes e 5.298 nascimentos).

Niterói

Já a prefeitura de Niterói, no Grande Rio, instalou nesta quarta-feira (14) barreiras sanitárias nos acessos ao município. Agentes municipais estão medindo a temperatura dos ocupantes do carro e podem negar acesso a quem apresentar febre, como uma forma de reduzir a disseminação da covid-19 na cidade.

No início da manhã desta quarta, por conta da medida, havia trânsito lento com engarrafamento de 5 quilômetros na Ponte Rio-Niterói, que liga a capital a Niterói, e na rodovia Niterói-Manilha, que liga o município a São Gonçalo.

Fonte: BdF Rio de Janeiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *