29/03/2021 – IBDFAM – Contexto familiar e percurso analítico de grandes nomes da Psicanálise serão abordados em curso do IBDFAM; inscreva-se

Promovido pelo Instituto Brasileiro de Direito de Família – IBDFAM, o curso Direito e Psicanálise: Aplicações da Psicanálise ao Direito das Famílias, será realizado entre abril e junho, dividido em dez aulas semanais com 3h cada, aos sábados, das 9h às 12h, por meio da plataforma Zoom, com certificado de participação. Inscreva-se.

Integrante do corpo docente, Martha Maria Guida Fernandes, de São Paulo, é psicanalista, psicóloga, professora em Psicologia Jurídica e autora de artigos técnicos na interface Psicologia e Direito. Ela antecipa a abordagem que será dada em suas aulas no curso do IBDFAM, a partir de abril.

“Penso em abordar o contexto familiar e percurso analítico dos autores que irei apresentar, suas maiores contribuições teóricas e possíveis articulações com o Direito de Família”, afirma. Em sua exposição, ela fará referência aos psicanalistas Donald Woods Winnicott (1896-1971), John Bowlby (1907-1990) e Wilfred Bion (1897-1979).

A especialista cita uma provocação feita pelo escritor Rubem Alves (1933-2014): “Consulte um advogado, você tem direitos. Consulte um psicanalista, você tem avessos”. Ambas as disciplinas se interessam pelo ser humano, segundo Martha Fernandes. “A contribuição de uma área ajuda a enriquecer e realçar a abordagem da outra”, defende.

Saiba mais sobre o curso

O curso Direito e Psicanálise: Aplicações da Psicanálise ao Direito das Famílias tem coordenação do advogado Rodrigo da Cunha Pereira, presidente do IBDFAM, e das psicanalistas Giselle Groeninga e Claudia Pretti, respectivamente, diretora e vice-diretora de Relações Interdisciplinares do Instituto. O corpo docente traz ainda Antônio Carlos Félix das Neves (ES), Fernanda Otoni (MG) e Lenita Pacheco Duarte (RJ).

Nas aulas, os especialistas vão expor e discutir as linhas mestras do pensamento psicanalítico e das diferentes escolas, incluindo textos fundamentais, valorizando a influência dos fatores subjetivos no cotidiano da prática jurídica. O objetivo é oferecer noções básicas aos profissionais do Direito para aplicação na prática cotidiana.

Associados ao IBDFAM e estudantes têm desconto nas inscrições. Acesse o site do curso e saiba mais sobre o programa, os termos e as condições de participação.

Fonte: IBDFAM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.