24/03/2022 – G1 DF – Mais de 4,5 mil crianças foram registradas sem o nome do pai durante pandemia no DF

Dados do Portal da Transparência do Registro Civil mostram aumento de mães solo e queda no reconhecimento de paternidade durante crise sanitária. Período também teve menor quantidade de nascimentos no país.

 

Mais de 4,5 mil crianças foram registradas sem o nome do pai durante a pandemia da Covid-19, no Distrito Federal. Os dados são dos anos de 2020 e 2021, e foram divulgados nesta quarta-feira (23).

 

O número representa 5% dos nascidos em Brasília nos dois anos de crise sanitária. O levantamento, inédito, foi feito pelos Cartórios de Registro Civil do DF.

 

Ao todo, 4.975 recém-nascidos tiveram apenas o nome das mães registrados na certidão de nascimento. Veja os números, em cada ano:

 

2021: 2.478 crianças não tiveram o nome do pai na certidão de nascimento

2020: 2.497 crianças não tiveram o nome do pai na certidão de nascimento

 

O levantamento mostra ainda que os reconhecimentos de paternidade caíram mais de 27% quando comparados a 2019, último ano antes da pandemia. Veja números:

 

2021: 992 reconhecimentos de paternidade

2020: 674 reconhecimentos de paternidade

2019: 1.363 reconhecimentos de paternidade

Pais ausentes e reconhecimento de paternidade

 

Os dados sobre “pais ausentes” e “reconhecimento de paternidade“, fazem parte de uma pesquisa lançada no Portal da Transparência do Registro Civil. A plataforma reúne dados nacionais e é administrada pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil).

 

“Acreditamos que, mais uma vez, os Cartórios de Registro Civil prestam um serviço relevante ao informar a sociedade e os órgãos responsáveis sobre dados relevantes para as políticas públicas “, diz o presidente da Arpen-Brasil, Gustavo Fiscarelli.

 

De acordo com Fiscarelli, a plataforma não tem custos para o Estado e é alimentada em tempo real. Qualquer pessoa pode acessar os dados pela internet.

 

Fonte: G1 DF

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *