16/03/2021 – TJ/MA – Governo do Maranhão prorroga medidas restritivas até o dia 21

As medidas restritivas para conter o avanço da covid-19 no Maranhão foram prorrogadas até o dia 21 de março. Seguem suspensos no estado o atendimento presencial em órgãos públicos e aulas presenciais. O comércio continua com restrição e as igrejas só podem funcionar com o limite de 30% da capacidade.

Nessa sexta-feira, o governador Flávio Dino determinou a suspensão do funcionamento de bares e restaurantes, entre os dias 15 e 21 de março, nos quatro municípios da ilha de São Luís.

O governo maranhense também anunciou a criação de dois auxílios emergenciais para o segmento da cultura e de bares e restaurantes para minimizar os impactos das novas restrições. Os auxílios serão concedidos em parcela única de R$ 600 e valem para as cidades de Região Metropolitana de São Luís.

Flávio Dino também fez um balanço da crise sanitária no estado e relatou que na cidade de Bacabal chegou a faltar oxigênio nessa quinta-feira. Sendo necessário a transferência de pacientes para a capital. O governo estadual informou que já está atuando para suprir a demanda de oxigênio do município.

O Maranhão vive uma situação peculiar quanto à vacinação. Até o dia 11 de março foram recebidas 515 mil doses, mais de 300 mil foram distribuídas aos municípios e 283 mil doses aplicadas. Segundo o governador, das 217 cidades do estado, 212 estão com aplicação acima de 60%, condição imposta pelo governo estadual para o recebimento de novas doses. Flávio Dino garantiu que o estado tem orientado as cidades para aumentar a vacinação. Com o novo decreto, somente os municípios que alcançarem 70% de aplicação das doses recebidas serão beneficiados com novos lotes de vacina.

Fonte: Agencia Brasil