08/06/2021 – TJ/SP – TJ/SP participa do “3º Encontro Ibero-Americano da Agenda 2030 no Poder Judiciário”

Evento discutiu Desenvolvimento Sustentável.

O Tribunal de Justiça de São Paulo participou do “3º Encontro Ibero-Americano da Agenda 2030 no Poder Judiciário”, evento realizado nos dias 1º e 2 de junho pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que discutiu a institucionalização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 na Justiça, um compromisso assumido por líderes de 193 Países, inclusive o Brasil, e coordenada pelas Nações Unidas, por meio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – PNUD. O encontro, realizado por videoconferência, teve a participação de autoridades nacionais e estrangeiras e de membros dos poderes Judiciário e Executivo.

Na abertura, o presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, destacou o papel inovador dos tribunais brasileiros em colocar em prática os ODS. “O Poder Judiciário brasileiro foi pioneiro na adoção da Agenda 2030 e esse alinhamento reflete, em última instância, o compromisso internacional firmado pelo Estado brasileiro com a implementação dessa relevante agenda.”

No painel “Laboratório Ambiental Geoespacial – Sirenejud: integração com a Meta 9, Meta 12”, o presidente do TJSP, desembargador Geraldo Francisco Pinheiro Franco, foi representado pelo juiz assessor da Presidência José Augusto Genofre Martins. O magistrado discorreu sobre o compromisso do TJSP com o aperfeiçoamento da prestação jurisdicional e com a Agenda 2030 (assista à fala do juiz aqui). “Ao apreciar o Planejamento Estratégico do período de 2021-26, o Órgão Especial aprovou, como uma de suas cinco diretrizes, promover nas áreas de atuação do Tribunal ações voltadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030. Mais do que uma diretriz lançada em documento oficial, o TJ buscou tornar perene essa bandeira, de forma a nortear sua missão, orientando seus objetivos e metas, entre as quais destaco, com alegria, disciplinar o funcionamento do laboratório de inovação e promover ações anuais de acessibilidade e inclusão”, afirmou.

Durante o encontro, também foi apresentado ao público o Inov@TJSP!, laboratório de inovação da Corte paulista inaugurado em dezembro de 2019 como uma forma de enfrentamento de problemas administrativos de difícil solução, promovendo um ambiente criativo e de colaboração para a busca de melhorias efetivas dos serviços de prestação jurisdicional. O vídeo transmitido no evento pode ser acessado aqui.

*Com informações do CNJ.

Fonte: Tribunal de Justiça de São Paulo

Link: https://www.tjsp.jus.br/Noticias/Noticia?codigoNoticia=68335&pagina=1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.