07/05/2021 – AEN – Quase mil famílias da região de Maringá já foram beneficiadas com títulos de propriedade

Serviço é destinado a mutuários da Cohapar que já quitaram todas as prestações do financiamento imobiliário. Emissão do documento, que serve para registrar a propriedade do imóvel em cartório, é ofertada a preços acessíveis e pode ser solicitada de maneira remota.

Quase mil famílias da região de Maringá já obtiveram os títulos de propriedade de suas moradias por meio do programa Escrituração Direta, do Governo do Estado, sob coordenação da Cohapar. O serviço é oferecido a preços acessíveis a mutuários da companhia que já quitaram os seus financiamentos imobiliários, e pode ser solicitado de maneira remota.

Até o momento, a regional da Cohapar em Maringá, que atende 34 municípios da região, já emitiu 936 escrituras. Somente nesta semana, 48 foram entregues e há mais 331 em processo de emissão pelo escritório da empresa.

O serviço custa R$ 478,36 e há possibilidade de parcelamento em quatro prestações de R$ 132,88 ou seis de R$ 88,60. O valor é até seis vezes menor do que o cobrado pelos tabelionatos pelo mesmo serviço. Após o pagamento e recebimento do documento, os beneficiários podem utilizá-lo para registrar a propriedade da casa no cartório de registro de imóveis do município.

Além do preço acessível, a escrituração pela Cohapar também prevê a isenção total do Funrejus (Fundo de Reequipamento do Poder Judiciário) e descontos significativos no registro do imóvel, além de assessoria especializada durante todo o processo de regularização. Graças à articulação do órgão estadual junto às prefeituras e câmaras de vereadores, dezenas de municípios também aprovaram mudanças na legislação para isentar os mutuários da cobrança do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI).

Segundo o coordenador regional da Cohapar Jaime Dallagnol, o serviço visa facilitar a regularização dos imóveis aos beneficiários já atendidos pela empresa. “As famílias podem procurar o escritório regional através de e-mail, telefone e site, por onde nós orientamos sobre toda a documentação necessária para que se proceda a emissão da escritura”, afirma. 

COMO PARTICIPAR – O processo pode ser iniciado online com o preenchimento do formulário de adesão disponível no link www.cohapar.pr.gov.br/escritura.

Na região de Maringá também é possível fazer a solicitação pelo número (44) 3219-5300, que funciona para atendimento via telefone e WhatsApp. O atendimento é prestado de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30.

Além de agilizar o processo de emissão com diversas etapas pela internet ou telefone, a entrega das escrituras aos beneficiários é feita individualmente, mediante agendamento prévio, e de acordo com os protocolos sanitários para reduzir os riscos de contágio pela Covid-19.

PÚBLICO-ALVO – Podem aderir ao programa pessoas residentes em casas da Cohapar com financiamento quitado. A solicitação pode ser feita pelos titulares dos contratos de financiamento ou seus herdeiros, compradores que tenham a anuência do titular do contrato e pessoas que comprovem a posse do imóvel há mais de cinco anos.

MUNICÍPIOS – O escritório regional da Cohapar em Maringá atende os municípios de Ângulo, Astorga, Atalaia, Colorado, Cruzeiro do Sul, Doutor Camargo, Floraí, Floresta, Flórida, Iguaraçu, Inajá, Itaguajé, Itambé, Ivatuba, Jardim Olinda, Lobato, Mandaguaçu, Mandaguari, Marialva, Maringá, Munhoz de Mello, Nossa Senhora das Graças, Nova Esperança, Ourizona, Paiçandu, Paranacity, Paranapoema, Presidente Castelo Branco, Santa Fé, Santa Inês, Santo Inácio, São Jorge do Ivaí, Sarandi e Uniflor.

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *