08/11/2021 – Alesp – Plenário da Alesp votará instalação de novos cartórios em Campinas, Hortolândia e Jarinu

As matérias da seção Atividade Parlamentar são de inteira responsabilidade dos parlamentares e de suas assessorias de imprensa. São devidamente assinadas e não refletem, necessariamente, a opinião institucional da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

 

Os projetos de Lei Complementar sobre a instalação dos novos cartórios de Campinas, Hortolândia e Jarinu serão encaminhados para votação em plenário na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). O projeto para a instalação dos cartórios é do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) e teve apoio direto do deputado estadual Rafa Zimbaldi.

 

As propostas (PLC 07/2021, 08/2021 e 10/2021) foram aprovadas pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), no dia 2 de agosto, e, nesta quarta-feira (3), pela Comissão de Finanças.

 

Dois novos cartórios serão instalados nos distritos do Ouro Verde e Campo Grande, em Campinas PLC 08/2021, um em Hortolândia (PLC 07/2021) e outro em Jarinu PLC 10/2021. Ao todo são quatro cartórios.

 

“A atenção das comissões às propostas de instalação dos novos cartórios foi de suma importância. Agora vamos a plenário com os projetos e tenho certeza que passará pela votação favorável de todos os deputados. Eu sou autor da elevação para distrito das regiões do Ouro Verde e Campo Grande e acompanhei de perto a construção das subprefeituras e crescimento de ambos, mas é claro que outros serviços devem ser ampliados para a população local, como os dois cartórios, por exemplo”, disse o deputado Rafa Zimbaldi.

 

Sobre os quatro novos cartórios

 

Ouro Verde e Campo Grande:

 

Dois cartórios de Registro Civil e Tabelião de Notas, um em cada distrito, para atender moradores de 100 bairros de Campinas.

 

Município de Jarinu:

 

Um cartório de registro de imóveis, títulos e documentos e registro civil de pessoa jurídica, protesto e títulos.

 

Município de Hortolândia:

 

Um cartório de registro de imóveis, títulos e documentos e registro civil de pessoa jurídica, protesto e títulos.

 

Fonte: Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *