05/01/2022 – ACidade ON – São Carlos tem menos nascimentos e mais mortes em 2021

Município teve o pior crescimento vegetativo da série histórica no ano passado; pandemia impactou na escolha por ter filhos, avalia médico

 

São Carlos teve, em 2021, queda de quase 70% no crescimento populacional vegetativo. O ano passado fechou com o menor saldo entre nascimentos e óbitos da série histórica do Registro Civil iniciada em 2015.

 

Segundo o Portal da Transparência do Registro Civil, ferramenta que reúne dados de todos os cartórios brasileiros, houve 2.873 nascimentos e 2.485 óbitos em São Carlos no último ano. O saldo populacional foi de 388.

 

O crescimento populacional natural decorre da diferença entre nascimentos e mortes. Neste saldo, São Carlos teve redução de 68,7% na comparação com 2020, ano em que já ocorria a pandemia de Covid-19 e o crescimento fora de 1.239.

 

Entre 2020 e 2021, São Carlos teve redução no número de nascimentos. Foram 183 bebês a menos na cidade nos 12 últimos meses. A crise decorrente da pandemia do novo coronavírus foi fator determinante na redução da natalidade, na opinião do médico sanitarista e professor de medicina Rodolpho Telarolli Jr.

 

“Isso mostra o quanto o dia a dia das pessoas, o pensar o futuro e sonhar, planejar uma família e por uma criança no mundo foram projetos afetados negativamente por essa doença que é a Covid”, ressalta.

 

Entre as perdas, São Carlos teve 668 mortes a mais em 2021 na comparação com o ano retrasado. Com menos nascidos e mais óbitos, o saldo diminuiu. “Quando avaliamos as mortes de 2021 elas foram aumentando até chegar ao pico em julho com 282 mortes, ou seja, quando comparamos o comecinho do ano anterior [2020] temos um aumento de praticamente de 50% no número de mortes. Uma coisa brutal”, opina.

 

Influência mensal

 

As altas e baixas mensais de nascimentos estão ligadas diretamente à situação da pandemia de Covid-19 no momento da concepção, analisa o médico. Momentos críticos como os de outubro e novembro de 2020 e março de 2021 resultaram nas mínimas de natalidade em julho e dezembro deste ano. Os meses foram os de menores taxa de natalidade em São Carlos no ano passado.

 

Por outro lado, a cidade teve picos de mortes em maio (258) e julho (282). Outubro foi o mês de menor número de mortes (142).

 

Em dois meses de 2021, São Carlos teve mais mortes do que nascimentos. São os casos de junho (-89) e agosto (-7).

 

Fonte: ACidade ON – São Carlos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *